sábado, 19 de abril de 2014

Preso, Prisco manda recado e orienta PM a não retomar a greve

Apesar do impasse criado após a prisão do líder do movimento grevista da Polícia Militar na Bahia, o vereador Marco Prisco (PSDB), na tarde desta sexta (18), o clima parece ter se amenizado depois uma mensagem enviada pelo próprio Prisco aos membros da sua associação, a Aspra (Associação dos Policiais e Bombeiros da Bahia), onde orienta a não retomar a paralisação em protesto contra sua detenção. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, a informação foi confirmada pelo advogado e por dirigentes da Aspra, durante uma reunião na noite de sexta, quando se discutiu a possibilidade de um retorno da greve. Cerca de 200 policiais estiveram reunidos na Praça Municipal, em Salvador, onde o diretor da Aspra (Ivan Leite) informou aos presentes que poderiam voltar para suas casas, pois não havia comando para que voltasse a paralisação, segundo informações do jornal A TARDE. O clima de tensão em torno de uma nova greve começou logo após o anúncio da prisão de Prisco, quando o deputado estadual Capitão Tadeu (PSB) conclamou uma nova paralisação e diz ter assumido o controle do movimento grevista, exigindo que o governador Jaques Wagner interceda a favor da libertação de Prisco. Já o governo respondeu, por meio de nota da Secretaria da Segurança Pública (SSP), que não participou da operação de prisão de Prisco, feita a pedido do Ministério Público Federal e executada pela Polícia Federal, e que também assegura o cumprimento de todos os itens do acordo firmado com as associações representativas da Polícia Militar (PM), quando do final da paralisação, no último dia 17 de abril. Prisco foi levado para o presídio da Papuda, em Brasília.(BahiaNotícias)

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Greve da PM: Marco Prisco confronta Jaques Wagner

Presidente da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares no Estado (Aspra), o vereador Marco Prisco, negou que o acordo assinado ontem para acabar com a greve da PM tenha sido o mesmo feito antes da deflagração do movimento, na terça-feira passada. O mesmo diz o presidente da Força Invicta, coronel Edmilson Tavares. A afirmação de ambos se confronta com a do governador Jaques Wagner.

“A única coisa que melhorou, mas é muito pequeno perto do que já estava oferecido, foi o CET [Condição Especial de Trabalho] dos oficiais que estavam em 110% e nós elevamos para 125%. O resto é absolutamente igual àquilo que foi assinado entre uma das lideranças [Marcos Prisco] e o secretário de Segurança Pública [Maurício Teles Barbosa]”, afirmou o governador Jaques Wagner, ontem, em coletiva à imprensa.

Segundo o tenente coronel Edmilson Tavares, os oficiais deixam de receber o CET, que fica só para praças e soldados, e passam a receber o RTI, que sai dos 125% e vai para 150% sobre o soldo. “Não podemos acumular as gratificações, então, os oficiais passam a receber o RTI com o reajuste de 25%”, assinala o tenente coronel.

Irritado com a afirmação do governador, Prisco diz que a greve aconteceu porque o governo ‘empurrou com a barriga’ as deliberações extraídas do grupo de trabalho desde o fim da greve de 2012, quando 189 pessoas morreram nos 12 dias em que os policiais militares cruzaram os braços. “De 100% do que nós mandamos para a avaliação do governador, 90% foram rejeitados”, rebate Prisco.

Acusado de usar o movimento para fins eleitoreiros – Prisco é vereador e vai disputar uma vaga na Assembleia Legislativa -, o ex-policial e atual vereador encrespa. “E em 2012 foi eleitoreira também”, questiona. A partir do movimento de dois anos atrás, Prisco se candidatou a uma vaga na Câmara Municipal de Salvador e foi eleito com 14.820 votos. Ele rebate. “Mas teve greve em 2001 e o PT apoiou. Foi eleitoreira?”. Possivelmente. Um dos líderes daquela época, sargento Isidório, também se candidatou a deputado estadual pelo Partido dos Trabalhadores e foi eleito. Por lá ele está há três mandatos, embora em outro partido.

Em dois dias, mais de 40 pessoas morreram em Salvador e Região Metropolitana. Na segunda maior cidade do Estado, Feira de Santana, o número também assustou. Quarenta e dois mortos. Ao ser indagado se a pouca alteração da proposta que encerrou a greve não teve uma contrapartida macabra, Prisco rechaça. “Todo semana morrem 30, 40 pessoas. Atribui isso a greve é ridículo. Será que a sociedade não vê que essas mortes acontecem independentemente da greve?”.

Também irritado, o presidente da Aspra não gostou de ser questionado sobre a comemoração regada a churrasco e arrocha, após o fim da greve. “O clube dos oficiais ofereceu. Foi uma forma de distensionar o clima. Fazer críticas sobre isso é muita hipocrisia”. BocãoNews

Com possibilidade de nova greve, ACM Neto cancela viagem


A prisão do líder do movimento grevista da PM, vereador Marco Prisco , e a possibilidade de uma nova paralisação da categoria fizeram com que o prefeito ACM Neto (DEM) cancelasse sua viagem à Europa marcada para esta sexta-feira (18).

Durante o período, o gestor deixaria a administração da cidade para o presidente da Câmara Municipal de Salvador, vereador Paulo Câmara (PSDB).

Neto iria para Paris com a namorada, a promoter Rafaela Meccia, sobrinha do ex-prefeito João Henrique, para curtir uma "lua de mel". BocãoNews.

Nova Greve PM:Aspra diz que Capitão Tadeu teve mandado de prisão expedido



Em contato com a Associação de Policiais e Bombeiros e seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), o deputado estadual Capitão Tadeu (PSB) informou que tem mandado de prisão expedido contra ele.

Embora não seja ligado a associações da policia militar, Tadeu é um dos líderes da greve que durou dois dias e deixou um saldo de 53 mortos. Assim que soube da prisão de Marco Prisco, no início da tarde, Tadeu emitiu nota conclamando os policiais a retomarem o movimento paredista.

Mais cedo, o pessebista estavam em uma praia do litoral norte. A redação do Bocão News ligou exaustivamente para o celular do parlamentar, mas não obteve sucesso.(BocãoNews)

Ministério Público denuncia 7 envolvidos em greve da PM baiana



O Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) denunciou, no dia 9 de abril, sete pessoas entre vereadores, soldados e cabos da Polícia Militar (PM) da Bahia por diversos crimes, a maioria deles contra a segurança nacional, praticados durante a greve da PM, ocorrida entre os dias 31 de janeiro e 10 de fevereiro do ano passado.

Os vereadores são integrantes e ex-integrantes do quadro da PM, que auferiram com a greve lucros políticos nas eleições 2012.Foram denunciados: os vereadores de Salvador, Marco Prisco Caldas Machado (ex-policial militar e líder do grupo) e de Jequié/BA, Gilvan Souza Santana; o cabo Jeoás Nascimento dos Santos; os soldados Josafá Ramos dos Santos e Jeane Batista de Souza; o líder da greve dos Bombeiros no Rio de Janeiro, Benevenuto Daciolo Fonseca dos Santos, e David Salomão dos Santos Lima, de Vitória da Conquista/BA.

Os sete vão responder por crimes previstos na Lei de Segurança Nacional (Lei nº. 7.170/83), no Código Penal (Decreto-Lei No 2.848/40) e no Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei Nº 8.069/90). Entre os crimes estão: associarem-se mais de três pessoas, em quadrilha ou bando armado, para o fim de cometer crime; impedir, com violência ou grave ameaça, o livre exercício de qualquer dos Poderes da União ou dos Estados; apoderar-se ou exercer o controle de veículo de transporte coletivo, com emprego de violência ou grave ameaça à tripulação ou a passageiros; praticar sabotagem contra instalações militares, meios e vias de transporte; paralisar total ou parcialmente, atividade ou serviços públicos essenciais para a defesa, a segurança ou a economia do país; incitar à subversão da ordem política ou social; constituir, organizar, integrar, manter ou custear organização paramilitar, milícia particular, grupo ou esquadrão; submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento.*TribunadaBahia

Sindicato orienta rodoviários a recolher ônibus após ameaça de nova greve da PM



O Sindicato dos Rodoviários está orientando a categoria a dar a última viagem para pegar os passageiros que estão nos terminais do centro, retornar aos finais de linha dos bairros e recolher os ônibus à garagem, voltando à atividade amanhã às 6h

A informação foi confirmada por meio de nota na noite desta sexta (18). A medida foi tomada há pouco após informações de que a PM está retomando a greve na Bahia. Ainda não há informações sobre o funcionamento do sistema de transportes para este sábado (19). *Varela

GREVE: PMs recolhem viaturas em municípios do interior da Bahia





A prisão do líder da Polícia Militar, Marco Prisco, já causa consequência em municípios do interior do estado. Informações de leitores do Bocão News dão conta que viaturas estão sendo recolhidas em Dias Dávila, Feira de Santana e Ilhéus em outros municípios.

Integrantes da Gêmeos, Rondeps Atlântico, 36ª, 37ª, 40 ª, 65ª e 67ª Companhias Independentes da Polícia Militar (CIPM) já pararam as atividades.


Se na capital os PMs estão se concentrando na Praça Municipal e no Parque da Cidade, em Mata de São João, Valença e Cruz das Almas a categoria também começa a se mobilizar.

(vi no BocãoNews)

Deputado Capitão Tadeu convoca Polícia Militar para retomar a greve



Por conta da prisão do vereador Prisco (PSDB) na tarde desta sexta-feira (18), o deputado estadual Capitão Tadeu (PSB) convocou os Policiais Militares da Bahia a retomarem a greve em entrevista na Rádio Sociedade. Para o socialista, a prisão do líder do movimento grevista foi uma traição do governo Wagner e ele próprio decidiu assumir a liderança convocando todo os policiais a pararem as atividades. Circula também um comunicado de policiais com a mesma conclamação.

Salvador registrou 44 assassinatos durante a greve da PM

Durante pouco mais de 42 horas desde o início da greve da Polícia Militar, Salvador e região metropolitana registraram 44 homicídios, de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública. No mesmo período da semana passada, foram registrados apenas oito casos. O movimento foi encerrado no início da tarde desta quinta (17), após uma reunião de líderes grevistas com representantes do Governo. á durante reunião dos comandantes de unidades operacionais da Polícia Militar da Bahia (PMBA) com o comandante e o subcomandante geral da PMBA, coronéis Alfredo Castro e Carlos Eleutério, relatos contabilizaram a prisão de cerca de 50 pessoas durante todo o dia de quarta-feira (16). A Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Salvador contabilizou 60 carros roubados no primeiro dia de greve. Antes do término da greve, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), em Brasília, concedeu liminar determinando a imediata suspensão da greve da Polícia Militar. Leia maisAQUI.

Líder da greve da PM na Bahia, Marco Prisco é preso, diz MPF



Foi preso na tarde desta sexta-feira (18), o líder da greve da PM na Bahia, Marco Prisco. De acordo com informações do Ministério Público Federal (MPF), o pedido de prisão preventiva ajuizado pelo órgão foi concedido pela Justiça Federal na última terça-feira (15) e a prisão foi realizada na tarde desta sexta-feira pela Polícia Federal. Prisco, que é vereador e diretor-geral da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares no Estado da Bahia (Aspra), é processado pelo MPF por crime político grave e qualquer recurso contra a prisão dele só poderá ser ajuizado no Supremo Tribunal Federal. A prisão será cumprida inicialmente em presídio federal localizado fora do estado da Bahia. Segundo o MPF, o pedido foi feito na segunda-feira (14), dentro de uma ação penal movida pelo órgão em abril de 2013, que denunciou sete pessoas entre vereadores, soldados e cabos da PM por diversos crimes, a maioria deles contra a segurança nacional, praticados durante a greve realizada entre os dias 31 de janeiro e 10 de fevereiro de 2012. Leia mais no G1.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

FIM: Greve da PM chega ao fim após dois dias de terror na Bahia



Finalmente a greve da Polícia Militar da Bahia, decretada na última terça-feira (15), chegou ao fim nesta quarta-feira (17).

Após reunião entre representantes do governo do Estado e entidades de classe da PM no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas, no Centro da capital baiana, entre o Comandante Geral Cel Castro, vereador Prisco – um dos líderes do movimento e o arcebispo primaz do Brasil Dom Murilo Krieger, eles foram para o Wet’n Wild, onde os policiais estão aquartelados, e vão anunciar o fim da greve. Mais informações em instantes.

Horas de terror
Além dos boatos que circulavam pela rede social durante o protesto da categoria, Salvador e outros cidades baianas sofreram com o clima de pânico e a violência que se instalaram nos municípios.

Somente na quarta-feira (16), a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) registrou 21 mortes na capital baiana e região metropolitana durante a greve da Polícia Militar. Entre as 6h até as 24h de ontem foram contabilizadas quatro tentativas de homicídio.

Todas as vítimas eram do sexo masculino. Os homicídios ocorreram em Massaranduba, Cajazeiras VI, Arraial do Retiro, Lapinha, Valéria, Praia Grande, São Bartolomeu, Cidade Nova, Periperi, Lobato e quatro em Paripe. Na RMS foram registrados os assassinatos em São Francisco do Conde, Camaçari, Vila de Abrantes, e quatro em Lauro de Freitas. Já as tentativas de homicídio ocorreram em Narandiba, Pero Vaz, Vasco da Gama e Caixa D’Água. Dos quatro casos registrados, três vítimas são adolescentes.

A penúltima greve da Polícia Militar no estado durou 12 dias e 177 pessoas foram assassinadas em Salvador e região metropolitana.

*Bocão News

Menina de 12 anos idade dá à luz bebê cujo pai é um menino de 13 anos



Uma menina de 12 anos e 3 meses e seu namorado, de 13 anos de idade, se tornaram os pais mais jovens da Grã-Bretanha. A mãe tinha apenas 10 anos quando conheceu o pai, e ainda estava na escola primária quando ficou grávida.

O jovem casal, do norte de Londres, comemorou o nascimento de sua filha bebê no fim de semana, e prometeu ficar juntos como uma família. A menina é 5 meses mais nova que a anterior mãe mais jovem do Reino Unido.

Segundo o jornal The Sun, o casal estava junto há mais de 1 ano. A família dos dois está dando apoio ao casal.(gadoo)

Quadrilha explode terminais do auto-atendimento da Caixa e Bradesco em Sapeaçu


Dois caixas do auto-atendimento da Caixa e um do Bradesco, localizados na cidade de Sapeaçu, no Recôncavo baiano, foram explodidos na madrugada desta quinta-feira (17), por uma quadrilha armada com fuzis e metralhadoras. De acordo com fonte ligada a polícia, alguns assaltantes foram direto ao (DPM), onde os policiais militares de plantão foram acuados e impedidos de sair do local, enquanto o restante do grupo colocava o plano em ação. Ainda não se sabe o número exato de ladrões que invadiram a cidade, e nem os veículos utilizados pelo bando durante a fuga. O impacto das explosões destruiu os caixas e deixou alguns moradores apavorados. Somente uma perícia no local poderá identificar o valor roubado. O clima de insegurança tomou conta da região depois da greve da Polícia Militar. *FORTE NA NOTÍCIA

Vinte pessoas são assassinadas em Salvador e RM em 24h

Vinte pessoas foram assassinadas entre esta quarta, 16, e esta quinta, 17, em Salvador e Região Metropolitana (RM). Entre as vítimas está o soldado da Polícia Militar (PM) Erival Santiago Ramos, de 31 anos. Ele foi morto no Conjunto Bela Vista do Lobato, onde morava. De acordo com a Superintendência de Telecomunicações das Polícias (Stelecom), o soldado chegava em casa com outro PM, por volta de 23 horas, quando surpreenderam dois homens desmanchando um veículo. Ao perceber a presença dos policiais, os bandidos atiraram e atingiram o soldado nas costas. O outro PM não foi baleado. Um homem foi morto nesta madrugada, por volta de 1 hora, em uma praça em Vila de Abrantes. De acordo com testemunhas, José Wilson do Carmo Santos Souza, 33 anos, foi surpreendido por um grupo de homens armados que chegaram atirando contra ele. Outros dois homens foram mortos em Itinga nesta quarta, às 21 horas. Luan Miguel Rodrigues do Rosário, 22, e Alex Santos da Paixão Silva, 18, estavam na rua Valmir Couto, no Largo do Iraque, quando foram surpreendidos e baleados em várias partes do corpo. Leia mais em ATARDE.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Agências Bancárias de Amargosa fecham as portas por conta da greve da PM



Os clientes que precisaram de atendimento interno nas agências bancárias de Amargosa, não conseguiram realizar operações, pois as estas não funcionaram por conta da greve deflagrada pela Polícia Militar.

Alguns agentes credenciados também não funcionaram conforme confirmou o Repórter Juarez Ghaé por volta das 14 horas desta quarta-feira (16) ao percorrer as ruas do centro da cidade.

Também não foi vista nenhuma viatura realizando rondas pela cidade nem homens da Polícia Militar trabalhando.




Foto: Juarez Ghaé - Criativa On Line

 

© 2013 Amargosa News - A notícia em primeiro lugar. Designed by: DonatoNeto - Suporte: DonatoNeto

Back To Top