sábado, 25 de fevereiro de 2017



Adriano Oliveira Avelino, de 36 anos, foi preso na sexta-feira (24), acusado de estuprar a filha de 15 anos. Ele foi encontrado em Amargosa, pelos investigadores do Núcleo de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente, da Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), de Feira de Santana. De acordo com a delegada Daniele Matias, os abusos só foram descobertos depois que a vítima contou à tia, com quem morava, que o pai a obrigava a manter relações sexuais. A adolescente passava os finais de semana na casa do pai, que residia sozinho. Ela contou em depoimento à polícia, que quando resistia aos abusos, era ameaçada com uma faca. Ainda segundo a vítima, ele não usava preservativo e depois dos estupros dava um medicamento para impedir a gravidez. A última violência sexual aconteceu em setembro do ano passado, quando a garota decidiu contar o crime à tia. Adriano fugiu de Feira de Santana, logo que havia sido denunciado à Polícia Civil. Nesse período, ele estava escondido em Amargosa. Ele foi encaminhado para o Presídio Regional de Feira de Santana. (BahiaNotícias)

Comentários da Notícia: