• Policial que agrediu folião com cone já foi identificado e será punido, diz comandante

    Repórter: AmargosaNews.com
    Publicado: terça-feira, 21 de fevereiro de 2017
    A- A+
    Diante das imagens de um policial militar agredindo um folião pipoca com um cone, nesse domingo (19), o comandante-geral da PM, Anselmo Brandão, destaca que a atitude não condiz com o comportamento cultivado na corporação. O vídeo gravado durante o Furdunço, que aconteceu no circuito Orlando Tapajós, mostra o policial acertando um rapaz pelas costas com o equipamento de sinalização. "Já identificamos o policial, já abrimos um processo administrativo e na hora certa vamos aplicar o procedimento jurídico", garantiu Brandão durante a coletiva da Secretaria de Segurança Pública (SSP) sobre o planejamento para o Carnaval. Para o comandante, o PM em questão estava de cabeça cheia no momento, o que ele reconhece que não justifica a violência contra o folião. "Nós temos que mostrar aquele policial, treinar aquele policial, dizer que aquele ato infeliz dele não representa a nossa tropa, tanto que ali foi no término da festa, nem no auge que tinha milhões de pessoas, nós fizemos uma ação daquela, mas serve de referência", discursou Brandão. Ele acrescenta ainda que durante os eventos de pré-Carnaval do último fim de semana, não houve nenhuma ocorrência “digna de registro”, apenas atos corriqueiros que “fazem parte da rotina da festa”. Assim, o comandante espera que o ato não tire o "brilho" do trabalho realizado pela PM no Estado durante a folia. (Bahia Notícias)
  • Comentários