quinta-feira, 16 de março de 2017




O Aeroporto de Salvador foi arrematado por R$ 660 milhões, um ágio de 113,2% em relação ao valor mínimo, de R$ 310 milhões, na manhã desta quinta-feira (16), em um leilão na Bolsa de Valores de São Paulo, a BM&FBovespa. Durante uma hora, o equipamento recebeu apenas uma oferta do consórcio liderado pela francesa Vinci Airports.

Foram oferecidos R$ 660.943.107,00, que representam 25% do valor total e devem ser pagos à vista. O investimento mínimo a ser realizado no aeroporto é de 2,35 bilhões. A concessão tem duração de até 30 anos.

Já o Aeroporto Internacional Salgado Filho, de Porto Alegre foi arrematado pelo grupo Fraport por R$ 290 milhões. O aeroporto de Fortaleza recebeu duas propostas. A Fraport lidera a disputa, com R$ 403,23 milhões (ágio de 12% ante o valor mínimo, de R$ 360 milhões) - e a Vinci Airports ofertou R$ 385,2 milhões (ágio de 7%).

A suíça Zurich fez uma oferta inicial de R$ 58,3 milhões, para o aeroporto de Florianópolis, o que corresponde a um ágio de cerca de 10,6% ante a oferta inicial mínima. (Metro1)

Comentários da Notícia: