segunda-feira, 13 de março de 2017


As feiras livres se constituem em espaços de desenvolvimento de práticas comerciais que compreendem a negociação de produtos oriundos da agricultura, da pecuária, do artesanato e da indústria. Para além desta dimensão comercial, as feiras estabelecem relações sociais com lugares e sujeitos que (re)produzem seus cotidianos atravessados por gestos, gostos, cheiros, cores e sabores. Considerando a feira como um lugar de trocas, de convivências, de encontros é que propomos a II edição da Feira de Agricultura Familiar e Economia Solidária do Vale do Jiquiriçá “Prosas do Campo” com o tema – As Culturas Camponesas: Memória, traços e passos de resistências.

A proposta tem como objetivo problematizar o cenário atual da Agricultura Familiar e Economia Solidária no Vale do Jiquiriçá, enfatizando a importância das organizações sociais para o fortalecimento comunitário.

Comentários da Notícia: