sexta-feira, 17 de março de 2017



Em resposta a matéria de título: Com provas, empresário de Amargosa afirma que vereadora Viviane Santana mentiu em acusações e pede retratação, a vereadora Viviane Santana publicou uma Nota de Esclarecimento.

Confira a nota na íntegra.

NOTA DE RESPOSTA


Prezado(a), tendo em vista a liberdade de expressão é prevista na nossa Constituição e a imunidade parlamentar, usei meus perfis nas redes sociais não para acusar, mas apenas para exercer meu papel de edil e de cidadã, como assim fiz. Em momento algum citei nomes, fiz questionamentos ou cobrei justificativas. E mais, o dever de um vereador é fiscalizar o Poder Executivo. Eu a partir do momento que percebi uma licitação com um valor contratado de combustível mais alto do que o comercializado na bico da bomba de combustível, assim externei o fato e o farei no Ministério Público e no Tribunal de Contas, pois entendo que quem não deve, não teme.
Em momento algum atingi a pessoa física sócia do posto de combustível, ou a pessoa física Júlio Pinheiro, mas como citei acima, o vereador tem como função primordial fiscalizar, deste modo, o que fiz foi alertar a população sobre um suposto indício de fraude, pois na bomba estava sendo cobrado um valor e no contrato com o Município outro. No entanto, as partes terão prazos para se defenderem nos órgãos competentes.

Ainda sobre a publicação nos meus perfis, apenas apresentei os fatos que até então tinha à disposição e os fatos eram: licitação dada como vencida por um valor acima dos preços praticados na cidade, inclusive pelo próprio vencedor. Apenas nesta quinta-feira (16/03) é que surge uma nota fiscal dando a entender que a gestão municipal está pagando a menos do que o licitado. Obviamente me chama atenção dois fatos, a licitação ter ocorrido em fevereiro e só agora a resposta ter sido dada, um dia após a minha publicação no Facebook, já que publiquei no dia (16/03) e a resposta brotar no dia (17/03), logo o que demonstra que minha denúncia surtiu efeito, pois os governados têm o direito de saber o que acontece na gestão pública. Não é a “vereadora” Viviane Santana que merece explicações não, é a cidadã Viviane Santana, bem como os demais amargosenses.

Já em relação a uma suposta reunião que teria sido marcada pelo empresário, o que posso afirmar é que recebi a ligação de um funcionário da Câmara perguntando se eu estaria na Câmara de Vereadores nesta sexta-feira (17), logo respondi que estava previsto em agenda apenas na próxima segunda-feira (20), ou seja, em nenhum momento houve de fato a marcação desta reunião, o qual o mesmo me acusa de não comparecimento.
Como já é de conhecimento quero reafirmar que nunca me furtei ao debate e não seria agora que iria agir desta forma. Não fui oficializada por e-mail, nem por ofício sobre nenhuma reunião, apenas recebi uma ligação de um Servidor da Câmara Municipal informando sobre qual tinha agenda na Câmara.
Vejo com estranheza que somente agora depois de minha postagem sobre os números do Processo Licitatório que aparecem as supostas informações.

Quero ressaltar que minha vida sempre foi pautada na ética, na transparência e no respeito ao povo de minha terra. Logo, meu mandato sempre foi e sempre será pautado nesta mesma direção. Não preciso de empresário pra financiar minhas campanhas, muito menos fazer conchavos políticos.

Meus queridos amigos e eleitores, eu devo prestação de conta a vocês. Então eu queria dizer ao sócio-proprietário do posto que, jamais ofendi a integridade dele ou da família dele. Apenas ele como empresário, em se tratando de contrato com o que é público tem que saber que existe fiscalização e que os órgãos, a comunidade e os vereadores não podem se calar diante de qualquer indício de fraude.
Estarei sempre em defesa dos interesses do povo de Amargosa.


Amargosa-BA, 17 de Março de 2017.

Viviane Peixoto de Santana
Vereadora

Comentários da Notícia: