quinta-feira, 9 de março de 2017




Tudo de uma vez só. O Bahia perdeu a invencibilidade na temporada e consequentemente foi eliminado na Copa do Brasil. O time de Guto Ferreira voltou a mostrar fragilidade fora de casa e acabou derrotado pelo Paraná por 2x0 na noite desta quarta-feira (8). Agora, restam Copa do Nordeste e Campeonato Baiano até o início da Série A.

Cientes do regulamento traiçoeiro, em jogo único e com disputa de pênaltis em caso de empate, as duas equipes partiram para tentar abrir o placar logo nos minutos iniciais. O Bahia foi o primeiro a chegar com perigo, aos 3 minutos, em chute cruzado de Zé Rafael que passou raspando a trave. O Paraná respondeu aos 7, quando Renatinho girou bonito pra cima de dois marcadores e tocou para Ítalo chegar batendo, mas a bola explodiu na defesa tricolor.

Os gols da tragédia tricolor saíram no segundo tempo. Aos 5 minutos, Renatinho levantou a bola na área e o zagueiro Eduardo Brock ganhou de Lucas Fonseca para cabecear e fazer 1x0.

O Bahia tentou a resposta imediata e quase conseguiu em boa jogada de Régis pela esquerda, que se livrou da marcação e tocou para Zé Rafael pegar de primeira e mandar para fora. Para tentar reagir, Guto colocou Renato Cajá no lugar de Régis e, depois, promoveu a estreia de Maikon Leite no lugar de Zé Rafael. As duas primeiras modificações não surtiram efeito e Guto colocou Gustavo no lugar de Renê Júnior, deixando a equipe com dois centroavantes.

Apesar da tentativa de pressão do Bahia, o Paraná era quem aproveitava os espaços deixados pelo tricolor. Aos 38, Biteco cruzou da esquerda e Ítalo acertou a trave de cabeça. Na sobra, Renatinho tocou para o fundo das redes e sacramentou a classificação do time paranaense, que vai enfrentar o Asa de Arapiraca na terceira fase.

O Bahia volta a campo domingo (12), contra o Moto Club, em São Luís, pela Copa do Nordeste.

Comentários da Notícia: