quarta-feira, 1 de março de 2017


O CEO da Tim, Flavio Cattaneo, disse que a operadora italiana quer se tornar referência mundial em infraestrutura na área de telecomunicação e anunciou investimentos de 11 bilhões de euros para os próximos anos. "Queremos tornar a vida mais fácil para os clientes através da união da nossa tecnologia com acordos exclusivos, como os da Samsung ou Bang & Olufsen, que permitem oferecer produtos de qualidade aliados à nossa infraestrutura", disse Cattaneo, em entrevista ao jornal "Corriere della Sera" publicada hoje (1). De acordo com o executivo, "todos os acionistas, não somente a Vivendi, compartilharam o plano industrial, que é um plano de transformação e desenvolvimento, não somente na Itália, mas também no Brasil". Cattaneo também garantiu que as posições que a TIM ocupava nos rankings italianos e mundiais "são fotografias do passado". "Em dois anos, a cobertura no país de banda ultralarga da TIM cresceu de 25% a 60%. Nos próximos anos, investiremos 11 bilhões de euros para chegar a 95% da Itália com a fibra ótica. Além disso, temos a banda ultralarga e o wireless". "Nosso objetivo é nos tornarmos a empresa com melhor infraestrutura, não apenas na Itália, mas em nível internacional, com velocidade entre 100 e 1.000 megabits por segundo, e com mobile de última geração, sendo que em Turim já tivemos o teste experimental do 5G", anunciou. (ANSA)

Comentários da Notícia: