quarta-feira, 8 de março de 2017


A partida desta quarta-feira (8), entre Cruzeiro e Murici-AL pela Copa do Brasil, servirá para que o time mineiro realize uma campanha de conscientização aos seus torcedores. Em parceria com a Umbro e a Agçencia New360, a Raposa estampará em suas camisas um conjunto de estatísticas colhidas pela ONG AzMina, que luta pelo empoderamento feminino, ilustrando com os números de cada vestimenta o difícil cotidiano vivido pelas mulheres do país. "O Cruzeiro Esporte Clube tem participado de diversas campanhas contra qualquer tipo de preconceito. Em pleno século XXI, não é tolerável ver as mulheres sofrerem atos de violência e discriminação. Com esta ação, nos juntamos a todos que combatem as desigualdades contra pessoas do sexo feminino. Esse é um dos papeis sociais que os clubes de grandes torcidas precisam sempre estar desenvolvendo", afirmou o presidente do clube, Gilvan de Pinho Tavares. Cada camisa terá um dado diferenciado em relação a luta pelos direitos das mulheres. Dessa maneira, o número 2 será relacionado a frase “A cada 2h uma é morta”, enquanto o uniforme 11 faz o alerta “A cada 11min, um estupro”. Confira a numeração e as frases que serão estampadas nas camisas do Cruzeiro nesta quarta-feira contra o Murici-AL.

Comentários da Notícia: