quarta-feira, 29 de março de 2017




Dois dos cinco suspeitos de participar da morte do sargento da Polícia Militar Aldo Carvalho Santos, de 46 anos, durante assalto a uma farmácia do bairro da Pituba, em Salvador, no dia 17 de janeiro, foram apresentados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) na tarde desta quarta-feira, 29.

Fabiano Silva da Paixão e Sílvio Manuel Jesus da Hora foram presos no último sábado, 25. A polícia ainda procura por Vitor Santos da Silva Pires, outro envolvimento no assassinato, e mais dois suspeitos, que não foram flagrados pelas câmeras de segurança do estabelecimento (confira abaixo).

A dupla foi detida por equipes das 13ª e 41ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPM) depois de assaltar uma farmácia na Rua Professor Sabino Silva, no Jardim Apipema. Outros dois comparsas, Vinicius Gomes dos Santos e Gleidson Oliveira Santos, também foram presos.

Eles foram perseguidos pelos policiais até a Rua Conselheiro Pedro Luiz, no Rio Vermelho. Houve troca de tiros e o carro utilizado na ação criminosa bateu e um poste. Dois revólveres calibre 38 foram apreendidos.

“Com a prisão dele concluímos o inquérito. Temos dois envolvidos presos e o Wilter Chagas Santos morreu em confronto com policiais da Força Tarefa no dia seguinte ao crime”, disse, por meio de nota da Polícia Civil, o delegado Odair Carneiro, titular da Delegacia de Homicídios Múltiplos (DHM).

Além de ter os mandados cumpridos pelo latrocínio, Fabiano e Sílvio vão responder por roubo e tentativa de homicídio, bem como Vinícius e Gleidson. (ATarde)

Comentários da Notícia: