quinta-feira, 2 de março de 2017

O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, o empresário Ronan Maria Pinto e mais três pessoas foram condenadas nesta quinta-feira (2) por lavagem de dinheiro em ação proveniente da Operação Lava Jato. Eles devem ficar cinco anos presos por lavagem de R$ 6 milhões de um empréstimo fraudulento feito junto ao Banco Schahin.

De acordo com informações do G1, a condenação do juiz federal Sergio Moro se refere à 27ª fase da operação, deflagrada em abril do ano passado.

"Condeno Delúbio Soares de Castro, Enivaldo Quadrado, Luiz Carlos Casante, Natalino Bertin e Ronan Maria Pinto pelo crime de lavagem de dinheiro, consistente, no repasse e recebimento, com ocultação e dissimulação, de produto de crime de gestão fraudulenta de instituição financeira", escreveu Moro em trecho da sentença.

Já Oswaldo Rodrigues Vieira Filho, Marcos Valério Fernandes de Souza e Sandro Tordin e Breno foram absolvidos por falta de provas. (Notícias ao Minuto)

Comentários da Notícia: