sábado, 25 de março de 2017




O Ibama multou em R$ 50 milhões a montadora Volkswagen do Brasil por fraude em testes de emissão de poluentes realizados em laboratório com veículos da linha Amarok 2011/2012. Apesar da decisão administrativa, a empresa ainda pode recorrer.

O Instituto determinou ainda, por meio de ofício, que a empresa realize o recall dos veículos Amarok que contêm dispositivo destinado a reduzir as emissões de poluentes. O recall exigido pelo Ibama inclui 17.057 carros da linha, que continham um software que poderia otimizar os resultados de óxidos de nitrogênio (NOx) durante os testes laboratoriais de homologação.

De acordo com o Ibama, os veículos Amarok testados continham o dispositivo chamado “defeat devise”, que reduz em 0,26 g/km, em média, a emissão de poluentes durante ensaios de laboratório, mas em condições normais de uso os veículos emitem poluentes acima dos limites e exigências ambientais previstos em lei

A suposta fraude para burlar os limites de emissão foi descoberta pela agência norte-americana de proteção ambiental EPA. Por meio de nota, a Volkswagen Brasil disse que foi notificada na última quinta-feira (23) e “está analisando a decisão e se manifestará oportunamente”. (Metro1)

Comentários da Notícia: