• Morte dos Mamonas Assassinas completa 21 anos nesta quinta

    Repórter: AmargosaNews.com
    Publicado: quinta-feira, 2 de março de 2017
    A- A+
    Há 21 anos, o Brasil acordava com a notícia da morte de todos os integrantes da banda Mamonas Assassinas, um dos grandes sucessos da década de 1990. No dia 2 de março de 1996, o avião que levava os integrantes do grupo de Brasília até Guarulhos, em São Paulo, caiu na Serra da Cantareira, matando Dinho, Bento, Sérgio, Samuel e Júlio. 


    Com apenas um CD lançado, a banda emplacou diversos sucessos como “Pelados em Santos”, “Vira-Vira”, “Sabão Crá-Crá” e Robocop e vendeu quase 3 milhões de discos.


    Em uma declaração dada a MTV poucos dias antes da queda do avião, Dinho brincou com um possível problema mecânico da aeronave – o que, para alguns fãs, foi um presságio do acidente. "Hoje vai ser uma aventura. Esse avião quase caiu na selva amazônica porque quebrou o radar. Eu tenho uma boa e uma má notícia para você que vai voar com a gente, câmera man. A boa é que eles consertaram o radar. A ruim é que quebrou de novo", diz o artista, aos risos, ao cinegrafista. (Metro 1)
  • Comentários