terça-feira, 28 de março de 2017


Os reservatórios de água que abastecem todo o município de Amargosa estão com níveis críticos. Uma imagem registrada nesta terça-feira(28), mostra que a situação é preocupante. Segundo a Embasa, a barragem do Timbó opera com apenas 1/3 (33%) de sua capacidade. Caso não chova bem nos próximos dias, será necessário realizar rodízio de abastecimento entre bairros, e faltará água nas casas dos moradores.

O prefeito Júlio Pinheiro decretou, no dia 27 de Janeiro, estado de emergência de 180 dias (seis meses) devido a seca. Em contato com nossa reportagem, Júlio diz que sua equipe já pensou, junto a Embasa, em uma estratégia para tentar amenizar o problema da falta de água no município. Segundo o prefeito, já está em andamento o projeto que irá ampliar a barragem do Riação e realizar intervenções na estação de tratamento. 

Segundo dados da Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado da Bahia (Sudec), dos 417 municípios baianos, 214 se encontram em situação de emergência por conta da seca. Ou seja, mais da metade (cerca de 52%) das cidades do estado. A orientação é para que os moradores economizem água ao máximo e providenciem reservatórios para estocarem água.

Segundo o site Clima Tempo, a previsão é de chuva a partir da próxima quinta feira (30), como pode ser notado na imagem. O que pode amenizar a situação crítica vivida em Amargosa.

Da Redação AmargosaNews.
Imagem enviada por internauta.





Comentários da Notícia: