sexta-feira, 31 de março de 2017



O cantor Gusttavo Lima está proibido de cantar a música "Que Mal te Fiz Eu" depois de perder ação por plágio, movida pelo músico português Francisco Manuel de Oliveira Landum. Caso ele execute o hit, poderá pagar uma multa diária de R$ 10 mil, segundo determinação da Justiça do Rio de Janeiro.

A juíza Maria Cristina de Brito Lima, da 6ª Vara Empresarial do Rio, mandou recolher todos os exemplares dos CDs "Ô Sofrência" e "Arena pop 2015", além de duas coletâneas que contêm a faixa. Ela considerou que o sertanejo tomou a canção para ele, modificou a letra original sem pedir autorização do dono, além de ter retirado uma parte da música.

Com isso, fica proibido aos réus - Gusttavo, Som Livre, Balada Eventos (empresa que administra a carreira do cantor) e o Google - que "executem, divulguem ou comercializem" a música, através de meio físico ou digital. (Metro1)

Comentários da Notícia: