quinta-feira, 9 de março de 2017




O Palácio do Planalto pagou R$ 24 mil de aluguel de uma lancha para a família do presidente Michel Temer usar durante estadia na praia de Inema, na Base Naval de Aratu, na Bahia, durante o Carnaval. De acordo com o jornal O Globo, o equipamento foi contratado sem licitação.

O Planalto alegou que a lancha foi alugada por questões de segurança, para fazer uma "possível evacuação em caso de emergência" de Temer e sua família.

"A residência da Boca do Rio, em Aratu, localiza-se em área de difícil acesso e, à noite, o possível deslocamento aéreo implica riscos adicionais à segurança do presidente", afirmou o Planalto em nota.

Ainda segundo o governo, a primeira-dama Marcela Temer, o filho Michelzinho, sua mãe Norma Tedeschi e outros parentes usaram a embarcação de forma breve - 30 minutos - para lazer.

Além disso, o Planalto explica que a contratação foi necessária porque a lancha da Amazônia Azul, da Marinha, estava quebrada.

O aluguel foi pago pela ONG Abrigo do Marinheiro, que por não ser órgão público, não se submete à Lei 8.666, que trata sobre as regras para licitações. Contudo, o Planalto não explicou que o governo vai ressarcir esse dinheiro para a ONG. (ATarde)

Comentários da Notícia: