Políticos se apressam para separar caixa 2 de dinheiro de corrupção


Após delações de Marcelo Odebrecht e outros ex-executivos da empreiteira, vê-se no Planalto um movimento para separar judicialmente valores recebidos por caixa 2 de dinheiro de propina. Os depoimentos estão balançando as bases dos partidos políticos da base e da oposição e prometem não parar tão cedo. De acordo com o blog do Camarotti no G1, tudo indica que poucos políticos conseguirão sobreviver aos depoimentos já homologados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O próximo passa agora é a abertura de inquérios para investigação dos parlamentares citados as delações. Isto deve ser feito em breve pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Vários advogados já trabalham para tentar mudar a decisão do STF em relação ao caixa 2. A manobra passou a ser considerada crime a partir do julgamento do mensalão.
Marcadores: ,
[facebook][blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.