segunda-feira, 13 de março de 2017


Um projeto de lei, apresentado pelo deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB-PB), pretende dar fim à disponibilidade de carros oficiais de deputados, senadores, juízes, promotores, procuradores e ministros de tribunais superiores, de Contas e conselhos. Segundo informações da coluna Radar Online, da Veja, o direito a veículos de representação seria mantido apenas para aqueles servidores que atuam in loco, em atividades como "fiscalizar, inspecionar, diligenciar, executar ou dirigir trabalhos, que exijam o máximo de aproveitamento de tempo", diz o texto. De acordo com a proposta, os autorizados a portar veículos bancados com dinheiro público são o presidente da República, seu vice, os ex-chefes de Estado, os presidentes do Senado, Câmara e STF, ministros de Estado e comandantes das Forças Armadas. Lima ainda sugeriu que os veículos utilizados atualmente fossem leiloados e o dinheiro, revertido para políticas públicas direcionadas à segurança pública, saúde e educação. (BahiaNotícias)

Comentários da Notícia: