quarta-feira, 15 de março de 2017



A chuva não intimidou centenas de manifestantes em Amargosa, que aderiram ao dia da paralisação nacional contra a reforma de Previdência, e percorreram as ruas do centro da cidade. O protesto teve participação integrantes de sindicatos, professores da rede pública, privada e da UFRB, de estudantes, e da população em geral.

 A concentração iniciou na sede da APLB de Amargosa, e os representantes sindicais fizeram discursos na Praça Abelardo Veloso, mostrando indignação contra a reforma trabalhista e previdenciária proposta pelo governo Michel Temer. 

Da Redação AmargosaNews.


Comentários da Notícia: