quinta-feira, 13 de abril de 2017



A linguiça tipo calabresa defumada da marca Frigosantos, um dos frigoríficos investigados pela Operação Carne Fraca, teve um lote suspenso nesta quarta-feira (12) após determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Segundo a Anvisa, havia irregularidades na análise de microrganismos do tipo Estafilococus coagulase positiva.

A resolução de caráter preventivo, com duração de 90 dias, determina o recolhimento, comercialização e preparação do produto. O texto foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta. O lote tem como prazo de validade o dia 30 deste mês.

Segundo o resultado dos testes realizados pelos Laboratórios Nacionais Agropecuários (Lanagro), as condições sanitárias eram insatisfatórias na análise de microrganismos. Nas amostras, foi encontrada uma quantidade de Estafilococus coagulase positiva maior do que a lei permite. O lote da linguiça tipo calabresa defumada é fabricada pela Indústria e Comércio de Carnes Frigosantos Ltda.

Em nota, a empresa informou à revista Veja que já efetuou o recolhimento do produto e suspendeu a linha de produção até que saia o resultado da contraprova. (Metro1)

Comentários da Notícia: