quinta-feira, 6 de abril de 2017



A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou projeto que institui a Identificação Civil Nacional (ICN). O objetivo é reunir em um único documento todas as identificações, incluindo a Carteira de Identidade (RG), o Título de Eleitor e o Cadastro da Pessoa Física (CPF). Para o relator do projeto, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), a identidade nacional vai evitar fraudes, diminuir a criminalidade e ampliar a confiabilidade dos dados, graças à biometria. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários da Notícia: