quarta-feira, 5 de abril de 2017




O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, declarou nesta terça-feira (4) que a bandeira tarifária que prevê a cobrança de taxa extra nas contas de energia vai permanecer até o mês de novembro de 2017. A bandeira vermelha implica que vão ser cobrados pelo menos R$ 3 reais a mais a cada 100 kWh de energia consumidos.

Na última semana, a Aneel anunciou que a bandeira tarifária, que esteve amarela no mês de março (cobrança extra de R$ 2 para cada 100 kWh), passaria para vermelha a partir do último sábado, 1 em abril, devido à falta de chuvas que vem comprometendo a recuperação dos reservatórios das hidrelétricas.

“No período chamado seco, mesmo que tenha um regime [de chuva] melhor do que a média, o volume de afluência de água para o reservatório é baixo. Não vai ser nesse período que vai recuperar. O raciocínio é que muito provavelmente no período seco não haverá uma reversão da situação”, afirmou Rufino. (Metro1)

Comentários da Notícia: