quarta-feira, 5 de abril de 2017


As ocorrências de roubo de cargas no estado da Bahia dobraram entre 2011 e 2016, conforme estudo realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). Neste período, os registros pularam de 215, em 2011, para 441 casos, em 2016, um aumento de mais 100%. No entanto, se comparado apenas 2015 e o ano passado, as ocorrências aumentaram menos elevando-se em apenas 1,1%. De acordo com os dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a BR-242 lidera o ranking das mais perigosas da Bahia, com 50 ocorrências em 2016. A segunda mais perigosa é a BR-116, com 26 casos, seguida da BR-324, com 25 registros. Completam a lista a BR-110, com 16 ocorrências e a BR-101, com 13 registros. A média é de mais de uma carga saqueada por dia nas rodovias federais que cortam a Bahia. (Bahia.Ba)

Comentários da Notícia: