• Bahia é a campeã nacional de desmatamento da vegetação atlântica entre 2015 e 2016, diz Inpe

    Repórter: AmargosaNews.com
    Publicado: segunda-feira, 29 de maio de 2017
    A- A+



    Dados de um mapeamento florestal da ONG SOS Mata Atlântica e do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) revelam "que o ciclo de destruição da floresta atlântica, que começou em 1500 por causa dos europeus, volta a ficar ativo na Bahia".

    Segundo matéria publicada pela Folha de São Paulo, "devido ao desmatamento no sul do Estado, a Bahia foi a campeã nacional de desmatamento da vegetação atlântica entre 2015 e 2016".

    A publicação afirma ainda que caíram 12.288 hectares de vegetação na região durante esse período,"um crescimento de 207% em relação à análise anterior, de 2014-2015" e que as cidades de Santa Cruz de Cabrália, Belmonte e Porto Seguro - que ficam no sul da Bahia - "são responsáveis por metade desse total".

    Marcia Hirota, diretora-executiva da SOS Mata Atlântica, Ong que ajudou na coleta das análises, passou dois dias percorrendo o sul do Estado e resumiu a situação como "muito triste".

    De acordo com a Ong, em "Cabrália houve o desmate de 3.058 hectares de mata atlântica, mais de 10% do que caiu de todo o bioma no país". As razões, que levaram a esse aumento, ainda não foram esclarecidas pelos pesquisadores. (Metro1)

    Categorias:

    Bahia
  • Comentários