sexta-feira, 19 de maio de 2017




Os efeitos da delação do dono da JBS caíram como uma avalanche na economia brasileira ontem e, ao longo do dia, provocaram uma verdadeira bola de neve. A notícia de que o empresário Joesley Batista gravou o presidente da República, Michel Temer, dando aval para comprar silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, causou instabilidade suficiente para provocar a maior queda diária da Bovespa em quase nove anos.

O Ibovespa, principal indicador da Bolsa, caiu 8,8%, a 61.597 pontos, após os negócios serem congelados por 30 minutos pela manhã, com o mercado reagindo à turbulência política iniciada na
véspera. A queda de ontem foi a maior desde 22 de outubro de 2008, quando a Bolsa caiu 10,18%, reagindo à tempestade financeira internacional.

Foi também o menor patamar desde janeiro deste ano, quase anulando os ganhos obtidos no acumulado do ano. Somente ontem, a Bovespa perdeu R$ 219 bilhões em valor de mercado. (Correio)

Comentários da Notícia: