terça-feira, 2 de maio de 2017


Patrocinadora de material esportivo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) desde 1997, a Nike vem sendo pressionada para renovar o acordo. Segundo a coluna "Radar On-Line", da revista Veja, a CBF se esforça para conseguir dobrar o valor pago anualmente pela empresa norte-americana, passando dos atuais 35 milhões de dólares para 70 milhões. No ano passado, a confederação faturou 411 milhões de reais com patrocínios, valor 21% superior aos 340 milhões registrados em 2015. (Noticias ao Minuto)

Comentários da Notícia: