quarta-feira, 10 de maio de 2017




Um homem de 22 anos foi preso no centro de Feira de Santana, cidade localizada a cerca de 100 km de Salvador, nesta última segunda-feira (9), suspeito de estuprar, ao menos sete mulheres. De acordo com as informações da Polícia Civil, todas elas foram aliciadas através das redes sociais com promessa de trabalho como modelo.

Ainda segundo a polícia, depois de dizer que tinha essa oportunidade de emprego, o suspeito pedia fotos íntimas das vítimas e, então, começava a ameaçá-las dizendo que ia divulgar as imagens, caso as mulheres não o encontrassem. De acordo com a investigação policial, durante os encontros o suspeito obrigava as vítimas a manter relação sexual com ele e filmava o abuso. Ele usava as imagens do estupro para ameaçar as mulheres e evitar ser denunciado.

O suspeito foi preso depois que uma das vítimas conseguiu fugir de um “encontro” e chamar a Polícia Militar. A mulher foi encaminhada para a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) e lá foi descoberto que já existia um mandado de prisão contra o suspeito. De acordo com as informações da delegada Maria Clécia, titular da Deam, o jovem era investigado desde 2013, quando ainda era adolescente, e estava sendo procurado há alguns meses depois que foi denunciado. Ele foi reconhecido por sete vítimas.

A delegada ainda informou que o suspeito tinha o costume de usar identidades falsas para conseguir fotos íntimas das mulheres. Ela disse que fotos e vídeos das vítimas foram encontradas no celular do jovem. O suspeito foi levado para o Presídio de Feira de Santana, onde está detido e à disposição da Justiça. (VarelaNotícias)

Comentários da Notícia: