domingo, 21 de maio de 2017




A empresa JBS divulgou uma nota na tarde deste sábado (20), logo após o pronunciamento do presidente Michel Temer, em que nega que os áudios gravados pelo dono do frigorifico, Joesley Batista, tenham sofrido alterações. O texto salienta ainda a importância da delação premiada que, segundo a empresa, "está permitindo que o Brasil mude para melhor.

A nota é uma resposta ao pronunciamento do peemedebista na tarde deste sábado, em que ele desqualifica a delação de Joesley, afirmando que o conteúdo do depoimento do empresário seria mentira, e afirmando ainda que teria sido apenas um golpe para que ele ganhasse mais dinheiro comprando dólares antes que o real baixasse e vendendo ações de sua empresa, antevendo sua desvalorização.

Segundo a empresa, Joesley entregou à Procuradoria Geral da República (PGR) "a íntegra da gravação e todos os demais documentos que comprovam a veracidade de todo o material delatado". O pronunciamento de Temer foi feito após a divulgação de uma reportagem da Folha de S. Paulo que diz que peritos ouvidos pelo jornal alegam que houve manipulação das gravações.

Comentários da Notícia: