quinta-feira, 4 de maio de 2017

           

A Polícia Civil de Amargosa solucionou na tarde de hoje,  quinta-feira(04), mais um latrocínio,  que é o roubo seguido de morte. Este é o segundo caso de latrocínio solucionado e com a prisão do autor realizado pela Polícia Civil de Amargosa só esta semana.

O bárbaro crime ocorreu no dia 20 de dezembro de 2011, na localidade rural de Serra da Conguta, Município de Amargosa.  De acordo com as investigações,  a vítima Agnelo Ferreira da Silva, caminhava tranquilamente por uma estrada rural, quando foi surpreendido por Manuel Nogueira dos Santos Júnior, vulgo "Ica", 24 anos e um menor, os quais de posse de arma de fogo, anunciaram o assalto e, após subtrair uma bolsa da vítima contendo dinheiro, efetuaram vários disparos de arma de fogo contra o indefeso idoso,  para não serem reconhecidos, demonstrando crueldade e insensibilidade moral.  A vítima veio a óbito no local.

Ainda de acordo com as investigações,  no mesmo dia do crime, os autores teriam feito uma festa com o dinheiro roubado, fugindo da cidade de Amargosa no outro dia. Na época,  o crime ganhou forte repercussão na Cidade de Amargosa, causando clamor público.

A Polícia Civil de Amargosa prendeu o acusado Manoel Nogueira dos Santos Júnior,  por força de mandado de prisão preventiva,  recolhendo o mesmo para o Presídio Regional de Valença,  onde permanecerá preso a disposição da Justiça Criminal.

O Delegado titular de Amargosa Adilson Freitas,  falou a nossa reportagem que "A Polícia Civil de Amargosa está dando prioridade para os casos de Latrocínio e Homicídio,  mesmo os mais antigos, para que nenhum autor desses horrendos crimes fiquem impunes". Acrescentou  que "A  Polícia Civil de Amargosa já tem um alto índice de elucidação desses crimes, mais a meta é melhorar ainda mais".

Comentários da Notícia: