terça-feira, 23 de maio de 2017




A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) condenou nesta terça-feira (23) o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) pelo crime de lavagem de dinheiro. Por 4 votos a 1, os ministros fixaram a pena em 7 anos, 9 meses e 10 dias de prisão em regime fechado. Com a decisão, Maluf perderá o cargo de deputado federal, por conta da função ser incompatível com o regime fechado.

A Mesa da Câmara será notificada para que declare a perda da função, que só acontecerá depois que a decisão do STF for publicada no Diário de Justiça Eletrônico. O prazo para isso é de 60 dias. Após a publicação, ainda cabem embargos de declaração, recurso para esclarecer pontos da decisão. Maluf também terá de pagar multa no valor de R$ 1,3 milhão, ainda com acréscimo de correção monetária desde 2006. Ele também foi condenado a entregar à União todos os valores desviados dos cofres públicos – que, em valores da época, é estimado em R$ 1 milhão. (Metro1)

Comentários da Notícia: