• STF determina prisão de deputado Celso Jacob, do Rio de Janeiro

    Repórter: AmargosaNews.com
    Publicado: quarta-feira, 24 de maio de 2017
    A- A+


    O Supremo Tribunal Federal (STF), através da Primeira Turma determinou que a pena que o deputado Celso Jacob (PMDB-RJ) havia sido condenado seja executada. O parlamentar foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) e o colegiado do STF fixou pena de sete anos e dois meses no regime semiaberto, mais multa, ao deputado por falsificação de documento público e dispensa de licitação. O mandato não foi cassado. Jacob foi acusado, em 2003, quando era prefeito, de fraudar a publicação de uma lei municipal de Três Rios. Ele teria acrescentado um artigo que não foi votado na Câmara dos Vereadores. O artigo criava crédito orçamentário adicional para construir uma creche. O deputado afirmou ao jornal O Globo que irá recorrer da decisão. "Eu sei que ainda vou recorrer, porque é uma creche, não tem dano ao erário, não tem perda nenhuma. É uma coisa que eu ganhei em outro processo que eu tinha aí como inquérito, uma licitação. Eu ganhei, igualzinho, sem dano ao erário, eles me deram provimento. E nesta estão me condenando", disse. (BahiaNotícias)

    Categorias:

    POLÍTICA
  • Comentários