• TJ-BA e UFRB firmam acordo para digitalização de documentos históricos

    Repórter: AmargosaNews.com
    Publicado: terça-feira, 16 de maio de 2017
    A- A+

    O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) formalizou na tarde desta segunda-feira (15) um termo de cooperação técnica com a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) para promover a manutenção do arquivamento, digitalização e restauração de documentos do século XIX guardados no acervo da Comarca de Maragogipe, no Recôncavo Baiano. O acervo é composto por documentos judiciais, extrajudiciais e administrativos do Poder Judiciário, e encontra-se no Núcleo de Memória e Documentação do Recôncavo (Nudoc). Jorge Luiz Cardoso Filho, atual diretor do Centro de Artes, Humanidades e Letras da UFRB, conta que o convênio garante a manutenção de um bem sucedido trabalho de preservação iniciado em 2012 pelo professor de História Walter Fraga. "São documentos sobre disputas de posse de escravos, alforria de escravos, disputa por território etc. Os estudantes de Museologia e História estão fazendo um trabalho de recuperação e preservação desses documentos, que são usados como fonte de pesquisa sobre o processo de libertação da escravidão a partir do século XIX", diz o professor Walter Fraga.O material deverá ser amplamente disponibilizado à sociedade, mas juízes, servidores e serventuários da justiça sempre terão acesso prioritário caso seja necessário a realização de uma investigação em alguns dos itens. O TJ-BA deverá assegurar a participação de profissionais tecnicamente qualificados em todo o processo, e fornecer o material necessário ao condicionamento dos documentos, entre outras responsabilidades. (Bahia Notícias)

    Categorias:

    Últimas
  • Comentários