quarta-feira, 24 de maio de 2017



Os vigilantes de estado da Bahia deflagaram greve por tempo indeterminado nesta quarta-feira(24). Em Amargosa, um grupo de vigilantes protestaram em frente as agências bancárias. A principal reivindicação da categoria é o reajuste salarial de 15%.

Devido a greve, as agência bancárias do Banco do Brasil, Bradesco e Caixa Econômica Federal resolveram suspender o atendimento ao público até que a situação seja resolvida. Apenas os caixas de auto atendimento estão funcionando normalmente.

De acordo com o Sindicato dos Empregados de Empresas de Segurança e Vigilância do Estado da Bahia (Sindivigilantes) ao R7, a greve atinge os vigilantes que atuam em bancos, shoppings, hospitais, escolas, indústrias, condomínios e outras setores. A CUT (Central Única dos trabalhadores) informou a decisão tomada em assembleia organizada pelo Sindivigilantes (Sindicato dos Vigilantes do Estado da Bahia). São quase 32 mil vigilantes que atuam em todo o Estado da Bahia. A categoria pede reajuste de 15% no salário, ticket refeição de R$ 20, cotas para as mulheres de 30% por posto de trabalho e piso salarial de R$1500.

Da Redação.


Comentários da Notícia: