segunda-feira, 12 de junho de 2017




O ditado “os últimos serão os primeiros”, nunca fez tanto sentido para as irmãs Maiara e Maraisa. As gêmeas nasceram no último dia do ano, mas hoje ocupam o primeiro lugar entre as artistas mais ouvidas no país. Em um mercado dominado por homens, Maiara e Maraisa fazem parte do time de “patroas” - que também inclui cantoras como Marília Mendonça e Simone e Simaria - que veio mostrar que sertanejo é coisa de mulher sim.

Neste mês a dupla fará seis shows no interior do estado, nas festas de São João das cidades de Camaçari, Santo Antônio de Jesus, Amargosa, Senhor do Bonfim, Ibicuí e Bom Jesus da Lapa. “Queremos colocar toda nossa energia de forma alegre e com muita emoção, show no nordeste é quente e a recepção é maravilhosa. Além dos nossos sucessos vamos fazer um repertório bem especial para este mês junino”, afirma Maiara, que ainda prometeu um figurino especial. “Talvez um visual bem caipira, quem sabe?”.


Em março deste ano, elas lançaram o segundo DVD da carreira, Ao Vivo Em Campo Grande, gravado em um show com um público de mais 20 mil pessoas na capital do Mato Grosso do Sul. Apesar de terem ficado conhecidas por comporem músicas de sucesso para artistas como Jorge & Mateus e Henrique & Juliano, o novo trabalho conta com poucas composições autorais das irmãs. “A gente sabia que tinha de ser um DVD que fosse a nossa cara, e recebemos músicas muito boas dos nossos parceiros, por isso demos preferência para as letras que estavam mais dentro do nosso perfil”, explica Maiara.


Nos aplicativos de streaming, a dupla também bomba. No Spotify, Maiara e Maraisa já somam 1,2 milhão de seguidores e no Deezer foram eleitas a 5ª artista mais ouvida em todo o Brasil, com a música 10% como a terceira mais tocada em 2016. Nas redes sociais, as gêmeas ostentam pouco mais de 3 milhões de inscritos no canal do YouTube e 2,6 milhões de seguidores no Instagram. (Correio)

Comentários da Notícia: