quarta-feira, 7 de junho de 2017




O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o procurador da República Ângelo Goulart Villela por corrupção passiva, violação de sigilo funcional qualificada e obstrução à investigação de organização criminosa. O advogado da JBS, Willer Tomaz de Souza, também foi denunciado sob suspeita de corrupção ativa, violação de sigilo e obstrução.

Eles foram presos pela Polícia Federal (PF) em 18 de maio por suposto envolvimento com a operação Greenfield, que apura fraudes em fundos públicos de pensão e favorecimento a uma empresa da J&F, de acordo com o portal G1.

A denúncia foi feita ao Tribunal Regional Federal (TRF3), que vai decidir se os eles viram réus neste processo, ou não. (G1)

Comentários da Notícia: