terça-feira, 20 de junho de 2017




Na véspera das festas juninas, o motorista que pretende deixar Salvador em direção ao interior vai precisar de paciência para enfrentar os longos congestionamentos que costumam se formar nas principais rodovias federais do estado nesse período do ano. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF-BA), o fluxo de veículos deve aumentar cerca de 40%.

O inspetor Virgílio de Paula Tourinho, superintendente da PRF, afirma que a previsão é que na quinta-feira (23), na BR-324 (Salvador/Feira), nos horários de pico, o grande número de veículos cause um congestionamento de até quatro horas. "Solicitamos que os motoristas tenham paciência e evitem excesso de velocidade. É comum que as pessoas queiram tirar o atraso trafegando pelo acostamento. De todas as ocorrências registradas pelo órgão, a maioria delas está relacionada a ultrapassagens indevidas", pontua.

Ainda de acordo com ele, a via que apresenta maior número de acidentes é a BR-101. No ano passado, por exemplo, foram registrados pela PRF 72 acidentes em todas as rodovias federais. Desse número, 27 aconteceram nesse trecho. Em segundo lugar vem a BR-116, com 14 ocorrências.

"Ao longo dessa via, existem inúmeras cidades que margeiam a pista. Por isso, é grande o fluxo de pedestres e ciclistas que tornam os cruzamentos perigosos. A recomendação é que o motorista redobre a atenção, faça paradas para descanso durante o trajeto, reduza a velocidade e, sobretudo, fique atento à revisão dos faróis e do freio dos veículos antes de pegar a estrada", explica ele.

Rodovia estaduais
Nas rodovias estaduais, o aumento deve ser de 30%. De acordo com o tenente-coronel Sérgio Freire, comandante do Batalhão Rodoviário do Estado, o motorista deve redobrar atenção na BA-099 (Estrada do Coco) e BA-001. "Essas são as vias com o maior número de acidentes. Normalmente, são colisões traseiras, frontais e atropelamentos. Na Estrada do Coco, estamos com uma construção na altura do Km 11 que vai exigir atenção dos trafegantes", alerta.

Operação São João
Na Operação São João do ano passado, realizada pelo Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), em parceria com a PRF, as polícias Civil e Militar e órgãos de trânsito municipais, registraram cerca de 20 acidentes, com 81 feridos e 11 mortos em rodovias federais e estaduais.

Este ano, a operação terá início nesta quarta-feira (21) e segue até o domingo (25). Durante esse período, Detran, PRF e o Batalhão Rodoviário da Polícia Militar fiscalizarão as vias.

Serão três equipamentos eletrônicos capazes de fazer leitura de placas identificando informações dos veículos. Através da leitura, os agentes podem saber se o carro é roubado ou apresenta irregularidades, como restrição de busca e apreensão ou pendências com o licenciamento.

"Esse equipamento tem capacidade de leitura de até 20 metros. Após feita a leitura, as informações da placa são verificadas no banco de dados do Detran e os agentes podem autuar os motoristas por irregularidades", explica Márcio Santos, coordenador de fiscalização do Detran. (Correio)

Comentários da Notícia: