quinta-feira, 29 de junho de 2017




O São João foi pacífico em todo o interior do estado, segundo dados da Secretaria da Segurança Pública (SSP). Nos dias de festejos juninos, entre 21 e 25 de junho, a SSP reforçou o policiamento em mais de 250 municípios baianos, o que contribuiu para reduzir o crime nestas cidades durante o período junino.

Neste ano, em Amargosa, Cachoeira, Cruz das Almas, Ibicuí, Irecê, Santo Antônio de Jesus, São Gonçalo dos Campos, Senhor do Bonfim e Jequié, cidades que recebem inúmeros turistas durante os festejos de São João, o número de homicídios e de tentativa de homicídios continuou zerado, assim como no ano anterior.

Em todo o interior, três pessoas foram flagradas portando ilegalmente armas de fogo. Houve registro de 17 roubos, nove furtos qualificados, 109 furtos simples, 10 de tráfico de drogas, 47 usuários de entorpecentes, 41 lesões corporais e 59 vias de fato (brigas).

Em Amargosa e Cachoeira, no Recôncavo Baiano, também foram zerados os delitos de lesão corporal dolosa, furtos simples e qualificado, roubo simples, porte ilegal de armas, tráfico de drogas e posse ou uso de entorpecentes. Também houve redução dos principais crimes em Cruz das Almas, Ibicuí, Irecê, Santo Antônio de Jesus, São Gonçalo dos Campos, Senhor do Bonfim e Jequié.

As ações das polícias resultaram em 39 prisões em flagrante, apreensão de seis armas de fogo e de 16 armas brancas e instauração de 34 inquéritos. Em todas as cidades interioranas, 175 pessoas foram detidas e 103 termos de circunstanciados lavrados.

De acordo com o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, os resultados foram provenientes dos esforços dos policiais e do investimento do Governo do Estado para garantia de segurança da população. “Foram empregados cerca de R$ 6 milhões para ampliar os plantões e colocar mais policiais nas ruas durante os festejos”, afirmou. (Metro1)

Comentários da Notícia: