terça-feira, 6 de junho de 2017




Foi aprovado por 14 votos a 11, o texto base do relatório de Ricardo Ferraço (PSDB-ES) sobre a reforma trabalhista, favorável ao projeto. A sessão da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, realizada nesta terça-feira (6), durou quase 8 horas.

Agora, o texto segue para ser analisado pelos senadores com alteração nos destaques e sugestões no texto original, e em seguida, a reforma será analisada por duas comissões: Assuntos Sociais (CAS) e de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Por fim, será votada em plenário.

Senadores contrários ao relatório de Ferraço apresentaram três versões alternativas para o texto da reforma, fazendo com que a sessão se estendesse. Entre as sugestões estão a rejeição da reforma ou mudanças no projeto aprovado pela Câmara em abril, mas as duas versões nem foram analisadas. (Metro1)

Comentários da Notícia: