segunda-feira, 26 de junho de 2017




O Vitória foi até Curitiba neste domingo (25) para enfrentar a equipe do Atlético-PR, na Arena da Baixada, pela décima rodada do Brasileirão da Série A. Tentando se afastar da zona de rebaixamento, o rubro-negro baiano tentou surpreender os donos da casa, mas acabou derrotado mais uma vez fora de casa. Após sair na frente com gol de falta marcado pelo zagueiro Fred, o Leão cedeu o resultado e perdeu por 4 a 1. Marcaram para o Furacão Wanderson, Nikão, Éderson e Matheus Rossetto.

O primeiro tempo do Vitória deu esperanças aos torcedores. Trocando passes e envolvendo o Atlético-PR em bom volume de jogo, o time comandado pelo técnico Alexandre Gallo logo teve a chance de abrir o placar com Gabriel Xavier e Kieza. Mas foi em uma cobrança de falta que o placar foi aberto. O zagueiro Fred cobrou e mandou a bola no ângulo da meta defendida pelo goleiro Weverton. No entanto, após falhas defensivas, o Leão voltou a decepcionar.

Em cobrança de escanteio, Fernando Miguel saiu mal e Wanderson cabeceou para o gol vazio, empatando o placar ainda no primeiro tempo. Na etapa final, a virada veio em sequência. O Furacão chegava fácil no campo de defesa rubro-negro e aproveitou o espaço dado pela zaga do Vitória para virar a partida. Nikão recebeu na entrada da área, limpou o lance e bateu no canto esquerdo de Fernando Miguel aos oito minutos de jogo. Três minutos depois, em triangulação feita no ataque do Atlético. O time paranaense chegou pela esquerda com Douglas Coutinho, que cruzou rasteiro para a área do Leão da Barra. A zaga rubro-negra dormiu no ponto e Éderson entrou de carrinho para fazer o terceiro do jogo.

Atordoado, o time baiano tinha dificuldades para tentar reagir. Quem não tinha nada a ver com isso foi Matheus Rossetto. O meia recebeu no lado esquerdo do campo, puxou para o meio e mandou um chute incrível, de rara felicidade, sem chances para Fernando Miguel. O placar elástico fez mal ao Vitória, que acabou permanecendo na zona de rebaixamento da Série A. O Leão seguiu com oito pontos, na 18ª posição. Na rodada seguinte, o rubro-negro tem pela frente o arquirrival Bahia, no Barradão, às 16h do próximo domingo (2). (Metro1)

Comentários da Notícia: