sábado, 15 de julho de 2017


Com ajuda da chuva, o inglês Lewis Hamilton desbancou o finlandês Valtteri Bottas, seu companheiro de Mercedes, e o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, e cravou a pole position do GP da Inglaterra de Fórmula 1, neste sábado (15). O piloto da casa obteve a sexta pole do ano e fez a festa da torcida presente no tradicional circuito de Silverstone. A largada da corrida será domingo (16), às 9h. A reação dos fãs contrastou com as críticas que Hamilton recebeu ao longo da semana por ficar de fora de grande evento organizado pelos novos donos da Fórmula 1, no centro de Londres, na quarta-feira. Mesmo sendo piloto local, ele foi o único de todo o grid a não comparecer ao encontro com os fãs nas ruas londrinas. O "perdão" da torcida foi conquistado com uma grande performance nas três sessões do treino classificatório. Hamilton marcou o tempo de 1min26s600 para conseguir a 67ª pole da carreira, ficando a apenas uma do alemão Michael Schumacher, recordista. O inglês ainda se igualou às cinco poles de Jim Clark, que era o recordista de Silverstone. O finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, vai largar em segundo, com o companheiro de equipe Sebastian Vettel, líder do campeonato, em terceiro. O finlandês Valtteri Bottas, que fora o mais rápido nos treinos livres de sexta, decepcionou. Na pista, não passou do quarto posto, e para piorar, sofreu punição por ter trocado a caixa de câmbio na sexta-feira. Por consequência, perderá cinco posições no grid e vai largar em nono lugar. O brasileiro Felipe Massa também não rendeu o esperado. Após passar com dificuldade pelo Q1, ele foi eliminado no Q2, a segunda sessão do treino classificatório. Com o tempo de 1min31s482, o piloto da Williams obteve o 15º lugar. Porém, largará em 14º, em função de outra punição no grid, aplicada ao espanhol Fernando Alonso, que perdeu 25 posições por ter trocado componentes do carro e largará em último.

Comentários da Notícia: