terça-feira, 11 de julho de 2017


Uma esmeralda de 60 cm de altura e 137 kg retirada da Mina da Carnaíba, em Pidobaçu, no norte da Bahia, foi comprada por dois empresários, um de Petrolina, no sertão de Pernambuco, e outro de Curaçá, cidade baiana. O valor da pedra está estimado em R$ 500 milhões, segundo o Jornal do Commercio.

O advogado dos empresários, José Cícero de Melo, afirmou que todos os documentos que regularizam a pedra estão prontos. A expectativa dos dois é expor a padra em galerias e museus do exterior.

A pedra foi localizada na Mina Caraíba e é a terceira desse porte achada na região. A segunda, conhecida como "Esmeralda da Bahia", tinha 360 kg e foi avaliada em R$ 300 milhões. A primeira, de 380 kg, era avaliada em cerca de R$ 1 bilhão. (Correio)

Comentários da Notícia: