quinta-feira, 27 de julho de 2017




A final desta quinta foi marcada por uma disputa equilibradíssima entre a brasileira e a chinesa Yuanhui Fu, como era esperado. Em uma prova decidida na batida de mão, Fu cravou 27s15, apenas um centésimo de segundo mais lenta. O mesmo já havia acontecido na semifinal, quarta-feira (26), quando elas fizeram 27s18 e 27s19. O bronze ficou com a bielorrussa Aliaksandra Herasimenia, com 27s23.

A pernambucana Etiene Medeiros entrou para a história do esporte mais uma vez. Nesta quinta (27), a nadadora de 26 anos se tornou a primeira mulher brasileira campeã mundial de piscina longa, com o tempo de 27s14 nos 50m costas, no Mundial de Budapeste, na Hungria. Em 2014, Etiene se tornou foi a primeira brasileira campeã mundial em piscina curta, em Doha, no Catar. (Correio)

Comentários da Notícia: