segunda-feira, 24 de julho de 2017





Com um primeiro trimestre forte, a projeção do Brasil feita pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) cresceu. De acordo com relatório divulgado nesta segunda-feira (24), o órgão elevou de 0,2% para 0,3% a estimativa de expansão para o Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos) para 2017.

A previsão de crescimento para 2018, contudo, caiu de 1,7% para 1,3%. Segundo o FMI, o aumento na instabilidade política atrasará a recuperação da economia.

“Em relação ao relatório de abril de 2017, a previsão de crescimento para o Brasil está agora mais alta em vista do primeiro trimestre forte, mas a contínua fraqueza na demanda doméstica e um aumento na incerteza política será refletido num ritmo mais fraco de recuperação e, portanto, em menor projeção para o crescimento em 2018”, disse o FMI.

As projeções constam do relatório Perspectivas Econômicas Globais, documento divulgado a cada três meses pelo fundo. (Metro1)

Comentários da Notícia: