terça-feira, 25 de julho de 2017




Uma medida provisória para criação de demissão voluntária (PDV) para servidores públicos do Poder Executivo deve ser editada nos próximos dias pelo Governo Federal. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (24) pelo Ministério do Planejamento.

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, afirmou ao Jornal Estadão, que as regras ainda não estão definidas, mas os servidores que aderirem a PDV devem ter direito a um salário e meio para cada ano trabalhado. “Estamos finalizando os preparativos. Até o final do mês vamos editar uma MP”, disse ele. Com a medida, o governo prevê diminuir gastos com a folha de pagamentos, já que o governo passa por um momento delicado nas contas públicas. “É uma medida para ajudar na contenção de despesas. Na largada tem um gasto, mas dentro de um ano e pouco já se paga”, avaliou. Segundo Oliveira, a expectativa é de economizar R$ 1 bilhão por ano. (Metro1)

Comentários da Notícia: