Governo planeja demissão voluntária para servidores públicos




Uma medida provisória para criação de demissão voluntária (PDV) para servidores públicos do Poder Executivo deve ser editada nos próximos dias pelo Governo Federal. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (24) pelo Ministério do Planejamento.

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, afirmou ao Jornal Estadão, que as regras ainda não estão definidas, mas os servidores que aderirem a PDV devem ter direito a um salário e meio para cada ano trabalhado. “Estamos finalizando os preparativos. Até o final do mês vamos editar uma MP”, disse ele. Com a medida, o governo prevê diminuir gastos com a folha de pagamentos, já que o governo passa por um momento delicado nas contas públicas. “É uma medida para ajudar na contenção de despesas. Na largada tem um gasto, mas dentro de um ano e pouco já se paga”, avaliou. Segundo Oliveira, a expectativa é de economizar R$ 1 bilhão por ano. (Metro1)