domingo, 16 de julho de 2017



Investigadores da Operação Lava Jato identificaram quatro contas secretas de um dos principais operadores do senador Renan Calheiros, do PMDB. De acordo com a revista Época, as contas secretas eram para o recebimento de propina nos órgãos públicos que tinham influência de Calheiros. A informação foi obtida por meio de um acordo com o Panamá. No entanto, as contas não ficam no Panamá. O nome do operador não foi divulgado. (Metro1)

Comentários da Notícia: