segunda-feira, 17 de julho de 2017


Um jovem de 21 anos foi morto por um tiro disparado acidentalmente por um amigo de infância. O caso aconteceu em uma festa realizada na noite deste sábado (15), no município de Araçatuba, em São Paulo. Diogo Belentani era filho do atual comandante interino do Policiamento do Interior 10 (CPI-10), o tenente-coronel Armando Belentani Filho.

De acordo com o boletim de ocorrência, o amigo da vítima é um policial militar. Ele estava exibindo a arma, uma pistola ponto 40, quando disparou acidentalmente. O estudante chegou a ser encaminhado a um pronto-socorro mas não resistiu e chegou ao local sem vida. O corpo de Diogo será cremado neste domingo (16).

O PM que efetuou o disparo foi levado a um plantão policial. No local, pagou fiança no valor de R$ 1,5 mil. Ele deve responder em liberdade por homicídio culposo -- quando não há intenção de matar. (Metro1)

Comentários da Notícia: