quinta-feira, 6 de julho de 2017




A 10ª Vara da Justiça Federal encaminhou nesta terça-feira (4), para o presidente Michel Temer, vinte e duas perguntas formuladas pela defesa do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Temer foi listado como testemunha de Cunha, que foi preso na Operação Lava Jato suspeito de cobrar e receber propina de empresas que tinham interesse em empréstimos do Fundo de Investimento do FGTS (FI-FGTS). Temer tem até dez dias para responder as perguntas.

Na lista de testemunhas também estão os ministros Moreira Franco (Secretaria Geral) e Dyogo de Oliveira (Planejamento). (Metro1)

Comentários da Notícia: