• Maia diz que é preciso votar denúncia contra Temer na Câmara para retomar análise de reformas

    Repórter: AmargosaNews.com
    Publicado: sexta-feira, 28 de julho de 2017
    A- A+


    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta sexta-feira (28) que é necessário concluir a votação da denúncia contra Temer na Câmara para que a Casa possa retomar análises das reformas da Previdência e a Tributária. "A gente precisa votar a denúncia para que a gente volte a votar reformas. [...] Haverá quórum, tenho certeza", disse Maia. "Na quinta-feira, a gente precisa ter agenda de reformas em andamento", completou.

    Temer é acusado de corrupção passiva baseado na delação premiada dos executivos da J&F. Para que a denúncia feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Temer chegue até o Supremo Tribunal Federal (STF), é necessário que o plenário da Câmara aprove o inquérito. Pelo menos 342 deputados devem votar para que isso aconteça. A votação está marcada para a próxima quarta-feira (2) e também é necessário registro da presença de 342 dos 513 deputados. Maia afirmou que estima quórum acima de 480 deputados na sessão. (Metro1)

    Categorias:

    POLÍTICA
  • Comentários