quarta-feira, 5 de julho de 2017




Mais 51 cubanos chegaram a Bahia pelo Programa Mais Médicos, do Ministério da Saúde. De acordo com uma portaria do Diário Oficial da União de terça-feira (4), os médicos chegaram ao estado, onde devem permanecer por três anos.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou que os médicos chegaram ao estado na semana passada e fizeram um acolhimento na última quarta-feira (28), em Salvador. Depois, foram encaminhados às respectivas cidades. Ao todo, 42 cidades vão receber os profissionais – incluindo Serrinha, Euclides da Cunha, Barreiras, Vitória da Conquista e Jacobina.

De acordo com o Ministério da Saúde, há atualmente 1.707 vagas do Mais Médicos na Bahia. Já a Sesab informou que, dos 1464 profissionais do programa que já atuam no estado, 689 são cubanos. Em 2013 a Bahia possuía a proporção de 1,25 médicos para cada grupo de mil habitantes.

Estava abaixo da média nacional, que registrou uma taxa de dois médicos para cada mil habitantes. Cerca de 60% dos mais de 17 mil médicos estavam concentrados em Salvador. Naquele ano, o Mais Médicos teve 787 profissionais atuando na Bahia, que tinha sido o estado que mais recebeu profissionais pelo programa – o terceiro maior em número de cubanos – , atendendo quase 3 milhões de habitantes em 321 municípios. Deste total, 73 eram formados no Brasil e outros 714 no exterior. (Correio)

Comentários da Notícia: