quarta-feira, 12 de julho de 2017




O juiz Sérgio Moro mandou confiscar o triplex 164-A, no Condomínio Solaris, no Guarujá, que foi atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela Operação Lava Jato. Também nesta terça-feira (12) o petista foi condenado a 9 anos e 6 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro por supostamente ter recebido R$ 2,25 milhões de propinas da OAS, no triplex.

“Independentemente do trânsito em julgado, oficie-se ao Juízo no processo de recuperação judicial que tramita perante a 1;ª Vara de Falência e Recuperações Judiciais da Justiça Estadual de São Paulo, informando o sequestro e confisco do bem como produto de crime e que, portanto, ele não pode mais ser considerado como garantia em processos cíveis”, decidiu. O triplex é produto de crime de corrupção e de lavagem de dinheiro. (Metro1)

Comentários da Notícia: